26/04/17

Jonas Donizette toma posse como novo presidente da FNP

Divulgação FNP Jonas Donizette toma posse como novo presidente da FNP

 

“A FNP é entidade para aglutinar forças. Precisamos de mais Brasil e menos Brasília” disse o novo presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e prefeito de Campinas/SP, Jonas Donizette, durante solenidade de posse da nova diretoria da FNP. Autoridades federais e estaduais, além de gestores públicos municipais de todo o país acompanharam a solenidade de posse no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília/DF. Pelos próximos dois anos, Donizette e mais de 90 prefeitos estarão a frente da entidade.

Também presente na solenidade, o ex-prefeito de Belo Horizonte/MG, Marcio Lacerda, falou da importância da cooperação para avançar com a pauta municipalista. “A FNP tem a tradição em realizar cooperação forte o que nos permite recursos, conhecimento, infraestrutura e experiência. Temos que ser atores políticos com protagonismo, somos solidários na busca de soluções para nossos problemas”, defendeu ao falar dos desafios como gestores num momento difícil de crise.

O diretor-presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Guilherme Afif, participou da solenidade e destacou a importância da parceria com a FNP e da permanência do diálogo com a entidade formada por prefeitos em efetivo exercício de mandato. “Esta aliança é pra chegar cada dia mais perto dos pequenos negócios e os prefeitos são os nossos aliados. A nossa presença aqui é única e simplesmente para reiterar a parceria da simplificação da vida no país. Não existe política que tenha sucesso se não for geradora de trabalho, essa é a convergência das nossas ações”, explicou Afif. Para ele, o momento tem significado especial, uma vez que os pequenos negócios são fomentados nos municípios. “As pequenas empresas são a base da economia local", acrescentou.

O Sebrae é o principal parceiro da FNP para a realização do EMDS, já em sua quarta edição. “Agradecemos a parceria do Sebrae, parceiro mais importante da FNP, não só para o EMDS, mas para as atividades diárias da FNP. Não superamos a crise sem geração de emprego. É preciso avançar através de simplificação e votação de agendas importantes no Congresso Nacional”, destacou Lacerda, ao falar sobre a parceria da FNP com o Sebrae.

Representando a presidência da República, participou o ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy. Durante o evento, além de parabenizar o novo presidente da FNP, também falou do momento político no país. “O Brasil está avançando muito bem, realizando reformas que precisamos”, disse.

“Assumirei a bancada paulista e me coloco a disposição da Frente Nacional de Prefeitos para auxiliar o presidente Jonas Donizette”, sinalizou o deputado federal Luiz Lauro Filho, que representou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, na solenidade.

Jonas Donizette, prefeito de Campinas/SP, será o primeiro presidente da FNP que não é prefeito de capital. O primeiro mandato da sua gestão, que começou nesta quarta-feira, 26, terá duração de dois anos, quando ocorrem nova eleição da entidade.

A eleição

Prefeitos de municípios filiados à FNP aclamaram, no início da tarde, o prefeito Jonas Donizette como o novo presidente da entidade. Durante a 71ª Reunião Geral da FNP, mais de 70 governantes locais foram eleitos para cargos da diretoria-executiva e vice-presidências temáticas da entidade. Também foi anunciado, durante a audiência, a possibilidade de o Distrito Federal associar-se à FNP.

Na ocasião, o novo presidente apresentou a chapa única que foi aceita por unanimidade. Segundo Jonas, todos os nomes citados guardam alguma afinidade com as características apresentadas em cada cargo. Segundo o novo presidente, a meta é que a FNP possa congregar ainda mais prefeitos. “Para todo assunto que tem relevância, a gente quer ter uma atuação, uma marca da FNP”, afirmou.

Os ex-presidente da entidade, Marcio Lacerda, explicou que as vice-presidências temáticas foram ampliadas em novas categorias. Além disso, Lacerda destacou a necessidade de criar uma forma “sustentável de aproveitar o conhecimento que está sendo gerado no IV EMDS”.

A constituição de um conselho de ex-presidentes da FNP também foi anunciada durante a 71ª Reunião Geral. Na manhã de quinta-feira, 27, o grupo estará reunido para discutir detalhes dessa nova articulação da FNP.

Termos de Compromisso

Durante a solenidade de posse, também foram assinados termos de cooperação entre a FNP e instituições parceiras do municipalismo brasileiro.

FNP e Global Convenant of Mayors – o termo tem o objetivo de firmar o compromisso de apoiar as cidades a avançar com a contribuição brasileira e os objetivos da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre mudanças climáticas. O termo foi assinado pelo ex-presidente da FNP, Marcio Lacerda, pelo presidente da FNP, Jonas Donizette, pelo primeiro conselheiro da União Europeia, Rui Lodovino e pelo secretário-executivo do Iclei para a América do Sul, Rodrigo Perpétuo.

FNP e Smart City Expo World Congress – esse termo estabelece a cooperação técnica entre as duas entidades para aprimorar as políticas públicas em sustentabilidade urbana e de cidades inteligentes. Além disso, a FNP se compromete a auxiliar na divulgação do Smart City Expo World Congress, em Barcelona (Espanha). Assinaram o termo o ex-presidente da FNP, Marcio Lacerda e a área manager Brasil do Smart City Expo World Congress, Paula Mélich Bonet.

FNP e Movimento em Defesa do Mercado Legal Brasileiro -  estimular o compartilhamento de boas práticas e de iniciativas dos municípios para o combate ao mercado ilegal. Assinaram o termo o ex-presidente da FNP, Marcio Lacerda e o coordenador do Movimento em Defesa do Mercado Legal Brasileiro, Edson Vismona.

FNP e Coalizão Latino-americana e caribenha de cidades contra o racismo, a discriminação e a xenofobia – o termo visa apoiar a concretização do plano de ação de 10 pontos propostos pela coalizão.  O termo foi assinado pelo ex-presidente da FNP, Marcio Lacerda, e a diretora na área programática da Unesco, Marlova Jovchelovitch Noleto.

FNP e o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) – Cooperação para facilitar e promover a colaboração entre as entidades em áreas de interesse comum, que incluem projetos de infraestrutura de mobilidade urbana, qualidade e eficiência na gestão pública, parcerias público-privada e adaptação das cidades Pós-HABITAT III. Memorando de entendimento assinado pelo ex-presidente da FNP, Marcio Lacerda e pelo gerente de projetos da Unops, David Melo.

Conheça a nova diretoria aqui.

Redator: Ingrid FreitasEditor: Rodrigo Eneas
Última modificação em Quarta, 26 de Abril de 2017, 20:08
Mais nesta categoria: