15/07/15

Presidente da FNP se reúne com Núncio Apostólico no Brasil

Edgard Marra Em reunião, o prefeito Marcio Lacerda  alinhou informações sobre a viagem da comitiva de prefeitos brasileiros ao Vaticano Em reunião, o prefeito Marcio Lacerda alinhou informações sobre a viagem da comitiva de prefeitos brasileiros ao Vaticano

Em reunião com o Núncio Apostólico no Brasil, dom Giovanni d`Aniello, o prefeito de Belo Horizonte (MG) e presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Marcio Lacerda, alinhou informações sobre a viagem da comitiva de prefeitos brasileiros ao Vaticano, a convite do Papa Francisco, na próxima semana. A reunião preparatória para agenda internacional ocorreu na manhã desta quarta-feira (15), na Nunciatura Apostólica, em Brasília (DF).

Cerca de cinquenta prefeitos de todo o mundo vão participar de uma agenda construída em torno do Desenvolvimento Sustentável, tema central da Encíclica Verde, lançada no dia 18 de junho, pelo Papa Francisco. O Workshop “Escravidão Moderna e Mudanças Climáticas: o Compromisso das Cidades”, no dia 21, e o Simpósio “Cidades e o Desenvolvimento Sustentável”, no dia 22, fazem parte da programação.

Segundo Lacerda, é a primeira vez em que uma entidade importante a nível mundial, como o vaticano, convida prefeitos para um debate tão relevante. O prefeito da capital mineira disse, ainda, que no âmbito do Rio+20, levou ao secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, a reivindicação para que autoridades locais participassem mais das discussões estratégias. “Nós ficamos felizes, especialmente neste momento em que temos o COP 21 (21ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas), o Habitat III e a discussão dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), em termos essa oportunidade, para que prefeitos de todo o mundo possam contribuir nessas propostas”, completou.

Prefeitos da diretoria da FNP no Vaticano
Além do prefeito Marcio Lacerda, os prefeitos de São Paulo (SP), Fernando Haddad, vice-presidente; de Porto Alegre (RS), José Fortunati, vice-presidente de Relações Institucionais; do Rio de Janeiro (RJ), Eduardo Paes, vice-presidente de Relações com o Congresso Nacional; de Salvador (BA), ACM Neto, 2º secretário da FNP; de Curitiba (PR), Gustavo Fruet, vice-presidente de Urbanismo e Licenciamento e de Goiânia (GO), Paulo Garcia, vice-presidente estadual, participarão das atividades.

Para Fortunati, mais do que o reconhecimento do trabalho que já está sendo desenvolvido nas cidades convidadas, o convite do papa Francisco é um chamamento do Vaticano para o debate e o estabelecimento de uma agenda mundial comum e compartilhada. “O mundo está mudando rapidamente e, neste novo contexto, as cidades cada vez mais ganham papel destaque não somente na execução, mas também na definição de políticas em temas de interesse global, como a questão das mudanças climáticas”, enfatizou.

Segundo o prefeito de Goiânia, o convite é um dos mais importantes que já recebeu. “No documento eclesiástico, Sua Santidade aborda a situação ambiental, como as mudanças climáticas, o combate à pobreza e à escravidão moderna, além do enclausuramento que o consumismo moderno tem promovido na segregação de grupos extensos da nossa comunidade. A discussão de um documento de tamanha importância quanto a Encíclica é fundamental para garantir a qualidade de vida das futuras gerações”, falou.

Redator: Lívia PalmieriEditor: Paula Aguiar
Mais nesta categoria: