Programação

Detalhe de atividade

Mesa 17.3 - Igualdade de gênero e participação política de mulheres no nível local

25/04 - 14h15 às 17h30 Local: Sala 254

Ementa

A Agenda 2030 convoca a construção de um mundo com igualdade de gênero. Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) priorizam a igualdade de gênero ao transversalizar o tema em muitos ODS e metas, de maneira a assegurar um desenvolvimento humano inclusivo para todos e todas. A meta 5.5 reforça a necessidade de garantir a participação plena e efetiva das mulheres e a igualdade de oportunidades para a liderança em todos os níveis de tomada de decisão na vida política, econômica e pública. Contudo, este é um enorme desafio para o país, que ainda tem altos índices de violência física, sexual, psicológica contra mulheres, tanto na esfera pública quanto privada, o que dificulta conquistas igualitárias em todos outros campos, como o econômico ou político.
As estatísticas indicam que as mulheres ainda recebem menores salários que os homens e estão sub-representadas nos postos de poder, incluindo nos cargos e espaços no nível municipal. Considerando as interseccionalidades de gênero e raça, as mulheres negras e indígenas se encontram entre as populações mais desprivilegiadas. Ademais, segundo dados da CEPAL de 2017, o Brasil ainda está longe de ter um balanço de gênero em sua política e outros domínios públicos, já que a proporção de cadeiras ocupadas por mulheres no parlamento brasileiro é de 9.9%. Esta é uma das taxas mais baixas entre os países da América Latina e do Caribe, e coloca o país atrás de nações com IDH mais baixo que o do Brasil nesse respeito, como Honduras, Bolívia, República Dominicana ou Paraguai. Dessa forma, a mesa debaterá como ampliar a participação política e igualdade de gênero com o objetivo de promover nos municípios gabinetes paritários, ter políticas públicas no nível local, que levem os ODS e tornem efetiva a igualdade de gênero na realidade local.

Participantes convidados